Blog

Acadêmico de Análise e Desenvolvimento de Sistemas publica artigo na Revista Programar de Portugal


Danilo concedeu entrevista ao grupo Unigran Educacional e contou sobre sua satisfação em publicar um artigo no exterior



Danilo Morais da Silva ingressou na carreira pública em julho de 2008. Sob o cargo de Operador de Sistemas, começou a atuar no Departamento de Recursos de Informática, hoje Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa da Prefeitura Municipal de Porto Velho/RO. Para agregar em sua formação, optou pelo curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Unigran e recentemente alcançou mais uma conquista com a graduação a distância: a publicação do artigo “Python: História e Ascendência” na Revista Portuguesa Programar. Em entrevista, o discente deu detalhes sobre o assunto, confira: Unigran – Explique para nós sobre o que representa seu artigo. Danilo Morais – “O artigo trata da história e ascendência da Linguagem de Programação Python, criada pelo matemático holandês Guido van Rossum em 1982. Esta já possui diversas implementações em aplicativos utilizados por grandes empresas como: NASA, Globo.com, Google, Air Canada, BitTorrent e Youtube, além de ser base para diversos jogos eletrônicos como, por exemplo, o Minecraft. Também é usado em aplicativos de softwares de manipulação de imagens digitais como Maya e Softimage (da empresa Autodesk), Blender, Guimp e os sistemas operacionais Amiga, NetBSD, MacOS e Linux”.  U. – Qual a importância da temática? D.M. – “Sua relevância está principalmente em representar a comunidade de desenvolvimento através de softwares livres. A Linguagem de Programação Python é um instrumento muito importante para os iniciantes na carreira do desenvolvimento de sistemas, pois sua criação foi justamente com este objetivo, o foco nos iniciantes, e hoje já possui a Python Software Foundation, que agrega a comunidade de desenvolvedores possuindo 96.000 pacotes de importação, ou seja, está em constante crescimento e adesão por parte dos desenvolvedores”. U. – O que o motivou a escrever sobre o assunto? D.M. – “Após concluir um curso de programação para administração de redes de computadores, vi a oportunidade para realizar uma pesquisa científica nesta área. O professor do curso ficou impressionado com o resultado, além do coordenador do meu curso na Unigran, o mestre Antonio Pires de Almeida Filho, que ficou muito contente com esta vitória que não é apenas minha, primeiramente é de Deus, pois Ele é quem verdadeiramente guia todos os meus passos, planos e projetos, mas também é de toda a instituição de ensino Unigran Net, seu corpo docente e funcionários, que sempre me atenderam com qualidade, receptividade e carinho, abraçando-me como se fosse um membro da família, desde que ingressei. É uma vitória nossa! U. – Como escolheu a revista em que iria publicar? D.M. – “Desde que iniciei minha carreira acadêmica, tive o sonho de publicar um artigo científico sobre os meus projetos e, depois de muita pesquisa e oração, consegui o retorno da Revista Portuguesa de Programação, que me convidou a participar da comunidade Portugal-a-Programar. A oportunidade de ingressar numa comunidade de desenvolvedores de nível internacional, com uma revista que já está em existência desde 2006 e é tão conceituada em seu ramo de atuação, me fascinou. Quando vi o meu artigo publicado na revista, fiquei muito emocionado e sem palavras para descrever minha alegria e realização pessoal.” U. – Como a Unigran tem contribuído na sua vida acadêmica e na carreira profissional? D.M. – “A oportunidade de cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Unigran Net me veio depois de uma grande pesquisa de mercado, na qual optei por escolher aquela que verdadeiramente me transmitisse acolhimento e seriedade. Escolhi a Unigran Net porque senti que realmente era a instituição que poderia me prestar o suporte necessário que eu precisasse para alavancar a minha vida profissional e é, com muito orgulho, que hoje posso ter o reconhecimento, antes mesmo de minha formação, através deste artigo que também está abrindo meus caminhos profissionais.” U. – O que tem a dizer a outros acadêmicos? D.M. – “Façam tudo com amor, perseverem nos estudos e dediquem-se, pois um dia virá o reconhecimento de seu esforço! Tratem com humildade e humanidade as pessoas que te ajudam a crescer e dedique-se totalmente com carinho aquilo que deseja e anseia seu coração.”

Tags: EAD, ensino a distância, publicação